Luxemburgo destaca gestão fora de campo e elogia o Flamengo: “Quem tem dúvida em dizer que é o melhor do Brasil?”

Atualmente no comando do Vasco da Gama, o técnico Vanderlei Luxemburgo, que nunca escondeu ser torcedor do Flamengo de infância, não poupou elogios ao clube rubro-negro. Durante participação no programa Seleção SporTV, o treinador destacou a boa gestão do rival fora e dentro das quatros linhas.

No Brasil, Flamengo está acima dos demais. Quem tem dúvida em dizer que o Flamengo é o melhor do Brasil? Gerson é fantástico, joga por todos os lados. Jogador chave. Bruno Henrique tem a característica do Flamengo. Agressivo na bola área, na tomada de decisão. Tem a característica do Rubro-Negro. Se joga no chão, vai para cima. Gerson mastiga a bola e faz ela ter um caminho”, destacou Luxa.

O treinador ainda destacou como o Flamengo resgatou as características do futebol brasileiro sob o comando do português Jorge Jesus. “Houve uma mudança de uma cobrança: queremos jogadores como se fosse europeus no Brasil. Perdemos nossa essência. O Pet tem as características do jogador brasileiro. Não adianta tentar incorporar a cultura de lá aqui. Temos que manter a nossa essência. O Flamengo voltou às características do futebol brasileiro, com treinador europeu”.

Luxemburgo ainda falou sobre as melhorias no elenco rubro-negro, que já era bom, mas precisava de reforços pontuais para algumas posições. “Flamengo se distanciou dos demais porque fizeram uma gestão que buscou organização fora do campo. Dentro de campo, foram buscar os melhores jogadores.”

“Quando trouxeram Rafinha, acertaram a deficiência que o Flamengo tinha. Tem um time completo. Quando Jorge Jesus se expõe muito, ele tem uma defesa mais sólida. E com a característica que ele quer. Filipe Luis não é agudo, é um jogador que desce gradativamente completando a equipe, articulando. Não dá chance do contra-ataque. O Flamengo está muito bem distribuído. O Flamengo avançou, contratou jogadores certos dentro das características do clube. Arrascaeta fugiu das características, mas soube se adaptar, sabe que vai ter que ralar no chão”, completou.

Fonte: Torcedores.com