Zé Ricardo diz por que demorou em colocar Conca no Fla-Flu

Em oito jogos até aqui no Campeonato Brasileiro, o Flamengo empatou cinco. A quinta igualdade, todavia, teve um gostinho positivo, já que, neste domingo, o Rubro-Negro perdia por 2 a 1 até os acréscimos – no finzinho, Trauco arriscou chute de fora da área e contou com falha do goleiro Julio Cesar, do Fluminense, para garantir um ponto aos rubro-negros. Por isso, o técnico Zé Ricardo exaltou o poder de reação de sua equipe.

“São cinco empates. Mas um empate que buscamos no fim. Durante a partida tivemos oportunidades de sair com a vitória, depois de ficar atrás em duas oportunidades no placar. Dá um ânimo bom. Mostra que estamos conseguindo recuperar o melhor jogo. Acredito que a tendência é que as coisas melhorem”, avaliou o comandante do Flamengo em entrevista coletiva.

No segundo tempo, Zé Ricardo trabalhava a possibilidade de colocar Conca em campo, porém o gol de Henrique Dourado, de pênalti, mudou os planos do técnico, como explicou na coletiva.

“A gente imaginava que depois do empate a gente conseguiria o gol da virada. A gente estava preparando o Conca, programando a entrada para aumentar a capacidade de chegar na área. Mas levamos o gol no pênalti. O Thiago foi bem na bola, quase que pega, mas o que fica nesse jogo é que a gente está retomando o caminho. A confiança está de volta”, explicou o comandante rubro-negro.

Na próxima quinta-feira, o Flamengo recebe a Chapecoense, às 21h (horário de Brasília), na Ilha do Urubu. O empate com o Fluminense fez o time da Gávea chegar a 11 pontos, em 10º lugar na classificação do Campeonato Brasileiro.

Por Torcedores.com