Ederson é aprovado no Flamengo após gol, disposição e susto em jogo-treino

O misterioso jogo-treino promovido pelo Flamengo nesta quarta-feira serviu como teste para o meio-campo Ederson, e o jogador foi aprovado após atuar cinquenta minutos, fazer gol e não se queixar de dores. Apesar de um susto após uma entrada dura de um jogador do Ceres, time da terceira divisão do Rio, convidado para a partida, Ederson se comportou bem e deve voltar a ser relacionado em breve. Assim como Rômulo, que participou do primeiro tempo.

A utilização de Ederson contra o Botafogo no domingo, na semifinal do Campeonato Estadual, depende de avaliações posteriores à atividade. Se não tiver nenhum tipo de queixa ou números ruins apresentados nos exames de rotina do Flamengo, o jogador pode aparecer no clássico depois de mais de nove meses sem atuar.

No jogo-treino, dividido em quatro tempos de 25 minutos, Ederson entrou no segundo tempo e atuou por 50 minutos. O meia-atacante foi chamado pelo técnico Zé Ricardo para entrar em um esquema com três volantes. A formação inicial contou com Muralha, Pará, Donati, Rever, Renê, Márcio Araújo, Rômulo, Wiliam Arão, Trauco, Gabriel e Guerrero.

Aos 25 minutos, Berrio entrou no lugar de Gabriel e Matheus Sávio entrou no lugar de Trauco, que foi para a esquerda. Aos 50 minutos, Cuéllar substituiu Rômulo, e Ederson ganhou a vaga de Matheus Sávio. Ederson jogou o restante da partida, sem sentir nada no joelho esquerdo. Em dado momento, levou entrada dura, assustando a comissão técnica. Mas no geral, o meia se portou muito bem, com arrancadas e disposição física. Na jogada do gol, recebeu passe de Rodinei, que substitui Pará. Nos últimos 25 minutos entraram os demais jogadores, como Damião, Paquetá, Vizeu e Everton. Apenas Conca não participou do jogo-treino.

Fonte: Extra Globo